Primeiro emprego como motoboy? Siga as nossa dicas

14 de junho de 2021

Escrito por: Gestão Portal o Amarelinho

O serviço de entregas não para de crescer no Brasil. Com o desemprego também em alta, essa é uma área que acabou se tornando o ganha pão de muitas pessoas. Porém, será que apenas ter uma moto basta para trabalhar como motoboy e oferecer os serviços? A resposta é não. 

 

De fato, essa é uma profissão que não se limita apenas se locomover pela cidade o dia todo e transportar mercadorias ou produtos de um lugar para outro. Algumas das tarefas deste trabalho consistem em um bom planejamento ou organização da carga para que a entrega seja rápida e eficiente. De um buquê de flores a móveis, passando pelas compras de mercado, o entregador é a cara visível da empresa. Por isso deve ter habilidades muito específicas para desempenhar bem suas funções.

 

O que diz a legislação

 

A  Lei 12.009/09 criou regras para o exercício da profissão de motoboy e também regulamenta a profissão de mototaxista com o uso tanto de motocicleta como de motoneta. É nela que estão as condições mínimas que o motociclista e a motocicleta devem atender para que sejam autorizados a trabalhar. A autorização é emitida pelo Detran do local onde você reside. A legislação também estabelece critérios específicos para a motocicleta como deve receber o aparador de linha ou antena corta-pipas, de acordo com a Resolução 356/10. 

 

O que é preciso para trabalhar de motoboy?

 

Para trabalhar como motoboy  é necessário ter, no mínimo, 21 anos e possuir CNH categoria A por, no mínimo, 2 anos. Além disso, é necessário passar em curso de especialização, conforme regulamentação do Contran (Resolução 410/12). O uso do capacete e colete de segurança com faixas retrorefletivas são exigências da regulamentação do Contran (Resolução 356/10). Portanto, procure os órgãos de trânsito locais, providencie a instalação dos equipamentos obrigatórios e encaminhe a motocicleta para a vistoria.  

 

Dicas para quem está começando

 

A principal dica é: a segurança vem sempre em primeiro lugar. Sendo assim, você precisa respeitar as leis de trânsito e, acima de tudo, a velocidade. Como você já deve ter escutado por aí, a pressa é inimiga da perfeição. Mesmo com a pressão para realizar entregas rápidas ou em um determinado prazo, tenha cuidado com as multas e distrações como manipulação do GPS e uso do celular. Esse é um trabalho que pode ser bem estressante, por isso faça as pausas necessárias para evitar o aparecimento de cansaço e sonolência. Além disso, a moto deve ser mantida de forma adequada e com toda a documentação em dia.

 

E por último, se liga nessa dica especial. No Ed+ você encontra cursos nas áreas citadas acima. Voltado especialmente para entregadores e profissionais de logística, a plataforma é uma rede de apoio que apresenta rotas e caminhos que fazem a diferença na sua jornada profissional. Portanto, cadastre agora o seu currículo no Amarelinho, consiga capacitação profissional com os cursos do Ed+ e aumente as chances de conseguir um emprego bem remunerado. 

Compartilhe esta notícia nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Publicidade ba

Mais conteúdos sobre ,

Outros conteúdos que você pode gostar

NO AMARELINHO VOCÊ CONSEGUE CONTATO DIRETO COM O EMPREGADOR.

Últimas Notícias