Como conseguir um emprego depois dos 50 anos?

1 de outubro de 2020

Escrito por: Gestão Portal o Amarelinho

É fato que depois dos 50 anos fica mais difícil encontrar um emprego. Em comparação com outros candidatos, a idade e o salário surgem como os principais obstáculos identificados pelos candidatos e recrutadores. Seguido de perto, vem a suposta dificuldade de gerenciamento, a resistência a mudança, a dificuldade em integrar-se a uma equipe mais jovem e a fraca adaptação às novas tecnologias. Desse modo, é inegável que os números falam por si só. De acordo com o IBGE, cerca de 880 mil pessoas acima dos 50 anos ficaram sem emprego na última década.  

Entretanto, ser difícil não significa ser impossível. Por isso, nada de desanimar! Basta identificar os elementos decisivos a serem apresentados na hora de se candidatar a uma vaga. Afinal, depois dos 50, você tem experiência, uma vantagem incontestável sobre a concorrência. E algumas empresas estão bem cientes disso.

A seguir, veja como tirar proveito disso e faça de você um formidável candidato ao mercado de trabalho.

 

Conquistando um emprego depois dos 50

 

Aprenda novas tecnologias 

Você se sente confortável o suficiente para usar o Skype, WhatsApp, redes sociais e determinados softwares de computador? Sem dúvida, este é um dos grandes medos dos recrutadores quando se trata de contratar alguém com mais de 50. Sendo assim, para tranquilizá-los sobre suas habilidades nessa área, você pode fazer cursos e treinamentos. Existem diversos disponíveis na internet e até mesmo tutoriais gratuitos no YouTube. Veja mais no nosso texto “Não fique parado! Invista em cursos online“. 

 

Atualize o seu currículo

Seu currículo deve provar que você realmente pensou em sua carreira e adquiriu conhecimento de mercado ao longo dela. Para as posições mais significativas, descreva brevemente seus projetos e os resultados obtidos. Por isso, destaque-os, pontuando os desafios e as conquistas. Na parte de habilidades, descreva aquelas diretamente relacionadas ao trabalho desejado. Aproveite também para destacar seu conhecimento de novas técnicas digitais (redes sociais, habilidades de TI etc.).

 

Pesquise com atenção e promova sua experiência

Para colocar as probabilidades do seu lado e encontrar um emprego, primeiro pense em filtrar certos tipos de empresas. Sendo assim, foque naquelas que destacam os valores da inclusão e da diversidade. Sendo assim, promova sua experiência sênior. Depois dos 50 anos, você não é mais um novo recruta, muito menos um estagiário que tem tudo a aprender. Você tem outro papel a desempenhar na sociedade: o transmissor de conhecimento. Nesse sentido, não apenas traz habilidades técnicas, mas também experiência sólida e conhecimentos exclusivos ao seu empregador. Portanto, demonstre que é um profissional experiente, com flexibilidade e disponibilidade, capaz de se adaptar a diversos ambientes e setores. 

 

Hora de procurar por uma vaga

Depois destas dicas, não se esqueça de conferir as vagas que estão abertas no Amarelinho. Ao cadastrar o seu currículo no site, você pode se candidatar a diversas oportunidades atualizadas semanalmente. Aproveite e boa sorte!

Compartilhe esta notícia nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Publicidade ba

Mais conteúdos sobre ,

Outros conteúdos que você pode gostar

NO AMARELINHO VOCÊ CONSEGUE CONTATO DIRETO COM O EMPREGADOR.

Últimas Notícias