Dicas de linguagem corporal que ajudam na entrevista de emprego

Gestão Portal o Amarelinho

, Empregos

Não há como negar que o seu corpo fala por você. Porém, muitos candidatos parecem ignorar o impacto da linguagem corporal durante uma entrevista de emprego. A comunicação não verbal é uma parte importante da impressão que você causa. Afinal, os recrutadores não apenas ouvem, eles também observam. E devem entender que tipo de pessoa você é em pouco tempo. Pense nos movimentos das mãos, na sua expressão facial ou na postura. Durante uma entrevista de emprego, há vários fatores a serem analisados. Portanto, aqui estão três dicas para causar uma boa impressão no recrutador e evitar pontos negativos.

 

Linguagem corporal: fique atento a esses pontos

Mantenha a postura ereta

Não se sente na cadeira como se estivesse em casa ou entre amigos. Mantenha uma postura ereta. Lógico, você não precisa se sentar como se tivesse praticado balé a sua vida inteira. Mas, ao manter uma boa postura, você parece mais confiante e transmite autenticidade. Já quando está curvado, seus ombros se juntam e seu corpo encolhe. Dessa forma, você causa uma impressão mais tímida. Nada bom em uma entrevista de emprego, concorda? Além disso, para parecer confiante e receptivo, evite cruzar os braços e os dedos. Isso pode demonstrar que você está nervoso, na defensiva, entediado ou, no pior dos casos, super desinteressado. 

 

Faça contato visual

É importante que você olhe a outra pessoa nos olhos. Do contrário, pode transmitir um comportamento pouco confiável. Caso tenha mais de um recrutador na sua entrevista, olhe para eles alternadamente enquanto responde às perguntas. Segunda a especialista em linguagem corporal Patti Wood, quando você fala, é normal olhar para os lados, de vez em quando, porque está acessando informações em seu cérebro. Ela, porém, alerta para não se deixar distrair demais quando o entrevistador estiver falando. “Depois de dar uma resposta, lembre-se de manter o contato visual e ouça o entrevistador. Isso sinaliza que você é sério e está envolvido na conversa”, aconselha. É tímido e acha difícil olhar alguém nos olhos? Então olhe para o local entre as sobrancelhas. Para o recrutador, parece que você está olhando diretamente para ele.

 

Sorria

Um sorriso abre todas as portas, certo? E em uma entrevista de emprego não poderia ser diferente. Cumprimentar seu recrutador com um sorriso é uma boa maneira de quebrar o gelo. Nesse sentido, o especialista em linguagem corporal e grafologia, Paulo Sérgio Camargo, avisa: “Evidentemente, tem de ser um sorriso natural. Não adianta forçar, pois é pior”. Portanto, não esqueça de mostrar suas emoções para dar vida à entrevista de emprego. Esse simples ato transmite que você confia no seu taco e que está tranquilo e seguro.

 

Para aplicar essas dicas, faça uma simulação de entrevista filmando a si mesmo com o celular. Assim, pode perceber certos tiques e vícios de linguagem corporal e conseguir eliminá-los na hora da entrevista. Você notará imediatamente uma melhora nos resultados. E não deixe de conferir também o nosso texto “Melhore a comunicação em três passos“. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade