Assédio no trabalho: como identificá-lo e quais são as suas consequências

7 de junho de 2022

Escrito por: Gestão Portal o Amarelinho

O assédio no trabalho é um dos maiores problemas na vida do colaborador. Além de todas as dificuldades e desafios impostos pela concorrência e entrega de resultados, essa é uma questão que pode ser determinante, negativamente, para a carreira. Contudo, muitas situações ruins podem ser naturalizadas e passar despercebidas. Nesse sentido, vamos abordar mais sobre esse tema incômodo, mas presente no dia a dia de muitos profissionais.

 

O que é o assédio no trabalho

 

O assédio no trabalho é caracterizado por situações e atitudes que colocam o funcionário em posições desconfortáveis e injustas. Eventualmente, ele é praticado por aqueles que possuem posições hierárquicas mais altas e poder dentro da organização. No entanto, essa não é uma regra, pois pode acontecer de diversas maneiras e atingir diferentes públicos dentro do mercado de trabalho.

 

Tipos de assédio no trabalho

 

Assédio moral

Talvez esse seja o mais comum e naturalizado. O assédio moral acontece quando o funcionário é exposto em situações constrangedoras propositalmente por um superior hierárquico. Nesses casos, a medida acontece como uma demonstração de poder e por meio da repreensão por diversos fatores. Durante muito tempo, essa era uma atitude considerada corriqueira e pertencia às relações de trabalho. Contudo, hoje vivemos um momento diferente. Atitudes como essa são muito prejudiciais para o ambiente de trabalho e existem muitas leis trabalhistas para evitá-las, preservando a saúde mental dos funcionários.

 

Assédio sexual

Da mesma forma que o anterior, essa prática ocorre, em sua maioria, por funcionários que estão em cargos superiores. No entanto, tende a ser ainda mais agressivo e prejudicial para a vítima. Para esse tipo de situação, existe um artigo previsto no Código Penal, o 216A, que diz: qualquer constrangimento para obter  favorecimento ou vantagem sexual, partindo de uma posição superior na hierarquia, é considerado crime.

 

Assédio psicológico

No mercado de trabalho é necessário vencer um leão por dia. Só isso é suficiente para trazer bastante pressão psicológica. Contudo, as constantes ameaças de demissão e agressões verbais por desempenho podem ser consideradas como assédio psicológico e trata-se de uma forma terrível de abordar funcionários no trabalho.

Banner Amarelinho

Compartilhe esta notícia nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Publicidade ba

Mais conteúdos sobre ,

Outros conteúdos que você pode gostar