Quer mudar de profissão? Entenda como se planejar

Gestão Portal o Amarelinho

, Empregos

Seja por cansaço, tédio ou por não gostar mais do seu trabalho, é normal sentir vontade de mudar de profissão. Muitas vezes, essa atitude é vista como a possibilidade de encontrar uma atividade na qual você se sinta confortável para dar o seu melhor. Porém, para uma mudança bem-sucedida, é necessário planejamento, assim como avaliar as vantagens e as desvantagens. 

 

“É comum acontecer de uma pessoa ter uma profissão por conta de herança. É serralheiro, o filho será serralheiro. Mas ele gosta disso? Se no seu trabalho você não está bem profissionalmente, se não gosta do que está fazendo, você não estará satisfeito em lugar nenhum, nem na melhor empresa do mundo”, explicou o consultor de Recursos Humanos Richard Franck.

 

Portanto, confira as nossa dicas para você que deseja fazer uma transição profissional.

 

Os primeiros passos para quem deseja mudar de profissão

1. Entenda o porquê do seu desejo de mudança

 

Ok, você decidiu que quer mudar de profissão. Mas você identificou as razões dessa insatisfação? É essencial estar atento aos gatilhos que podem levar a esse desejo: estresse, decepção no trabalho, pressão dos superiores, ambiente profissional tóxico, falta de perspectiva, entre outros. Por isso, é preciso que você se pergunte: você ainda gosta do que faz ou é um caminho sem volta? 

 

“A insatisfação, geralmente, está atrelada à percepção de que estamos exercendo uma função que já não traz mais nenhum prazer. E, com o passar do tempo, se nada for feito, a frustração se agravará. Se é esse o caso, vale a pena pensar em mudar de profissão”, ressalta Jânio Carlos Soares de Souza, professor de psicologia do Curso de Formação Gerencial do Sebrae – Itaúna (MG).

 

Somente ao identificar as causas desse desconforto no trabalho você poderá analisar as suas motivações. Por consequência, vai entender melhor que rumo seguir durante a mudança de carreira.

 

2. Defina o que é essencial para você

 

Lembre-se que toda mudança vem sempre acompanhada de grandes desafios e exige preparo. Portanto, faça uma lista de coisas que, para você, são essenciais. O que você realmente quer? Fazer uma nova faculdade? Viver da sua arte? Começar o seu próprio negócio? 

 

Nesse sentido, tente definir claramente o seu objetivo. É essencial que você leve em consideração as suas condições financeiras e também as familiares. “Com uma boa reserva financeira, a pessoa dificilmente será pega de ‘calças curtas’ caso ocorra alguma dificuldade. E as chances de passar aperto enquanto a segunda carreira não engrena serão menores”, diz a psicóloga do trabalho Laís Passarelli. 

 

3. Conheça os profissionais que já atuam na área 

 

Antes de começar, é essencial reunir informações sobre como é o mercado de trabalho da profissão que você deseja seguir. Conheça os diferentes setores, os negócios e empresas que contratam. A saber, uma ótima forma de evitar decepções é conhecer profissionais da área e desenvolver sua rede de contatos. Aprenda com eles sobre os prós e contras. Vivemos em um mundo de informação e comunicação. Dessa forma, as suas fontes podem ser muitas e as mais variadas. Aproveite!

 

Caso ainda esteja em dúvida sobre mudar de profissão, recomendamos a leitura do nosso texto sobre os benefícios de um teste vocacional. Ele atua como uma ótima ferramenta para você descobrir melhor suas habilidades. E não deixe de conferir também as vagas disponíveis no nosso site.

 

Até a próxima!


Publicidade

Publicidade

Publicidade