A importância de realizar um teste vocacional

Gestão Portal o Amarelinho

, Empregos

Escolher a profissão é um verdadeiro desafio para muitos jovens que estão terminando ou já terminaram o Ensino Médio. Nesse sentido, um teste vocacional acaba sendo uma ferramenta bastante prática, que permite revelar diferentes possibilidades quanto ao futuro da sua carreira. Ele leva em consideração traços de personalidade, mas também habilidades, desejos e expectativas. O objetivo é ajudar o aluno a determinar qual caminho profissional seguir, de acordo com as respostas fornecidas.

 

Para quem o teste vocacional é indicado?

Apesar de ser muito direcionado para estudantes, qualquer pessoa pode realizar um teste vocacional. “A realização é indicada para pessoas que estejam no início da carreira ou até mesmo àqueles que já estão no mercado de trabalho, porém, encontram-se insatisfeitos com a profissão”, explica Maykon Barreto da Orientu, aplicativo de testes vocacionais. 

 

Sempre que houver dúvidas sobre qual profissão é melhor para você, um teste vocacional é a melhor solução. Isso porque é normal adquirir uma nova experiência e, portanto, mudar os seus interesses profissionais ao longo da vida. 

 

Uma maneira de descobrir suas aptidões

Você consegue identificar de primeira seus pontos fortes? E as suas fraquezas? Antes de tudo, fazer um teste vocacional é entender melhor o seu perfil. “Nem todas as pessoas nascem com talentos e decisões de carreira bem definidos, como quem desde cedo já sabe que irá cursar medicina. A maior parte da sociedade encontra dificuldades em escolher um curso e qual profissão seguir”, conta Barreto. Porém um bom teste vocacional é capaz também de descobrir suas motivações profundas, ou seja, o que você espera da sua vida de maneira geral, e não apenas profissional.

 

Como realizar?

Existem diferentes formas. Ele pode ser aplicado por um especialista, geralmente um psicólogo ou um coach, e também feito em sites que disponibilizam testes vocacionais gratuitos. São compostos de várias perguntas nas quais as respostas são aquelas consideradas adequadas do seu ponto de vista. É importante responder espontaneamente, com calma, bastante sinceridade e evitar distrações durante o teste.  Assim, será possível obter resultados muito próximos da realidade. 

 

No entanto, tenha cuidado. Um teste vocacional não deve ser a única ferramenta para ajudá-lo a fazer suas escolhas. Dessa forma, é igualmente importante dialogar com profissionais, familiares e participar de eventos importantes. “O teste vocacional não deve ser o único decisor da sua carreira, mas com certeza ele dará um grande início para mostrar as áreas que mais combinam com o seu perfil”, finaliza Barreto.

 

Depois de realizar o seu teste vocacional, não esqueça de conferir as vagas que estão disponíveis no Amarelinho.

 

Até a próxima!


Publicidade

Publicidade

Publicidade