Pequenos negócios geraram mais empregos

13 de dezembro de 2018

Escrito por: Kazuhiro Kurita

Guilherme Afif Domingos diz esperar que o governo dê mais atenção ao setor.

As micro e pequenas empresas criaram quase 65 mil vagas em outubro, segundo levantamento do Sebrae. Com isso, dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), mostram que elas geraram 650 mil empregos em 10 meses, superando os números das médias e grandes corporações.

Com o resultado, a previsão é de que os pequenos negócios fechem 2018 com o maior saldo dos últimos três anos.

De janeiro a outubro, os pequenos negócios geraram um volume de empregos 31,2% acima do saldo de postos de trabalho abertos no mesmo período do ano passado. O setor de Serviços, mais uma vez, foi o destaque com a abertura de mais de 30 mil vagas em outubro, seguido pelo Comércio, Construção Civil e Indústria. No acumulado, Serviços e Comércio foram responsáveis por mais da metade do total de empregos gerados neste ano.

As micros e pequenas empresas do Estado de São Pulo puxaram a geração de vagas em outubro. No entanto, todas as regiões do País registraram saldos positivos de empregos no mês passado.

O presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, espera que o resultado estimule o novo governo a direcionar ações para as micro e pequenas empresas e implemente melhorias no ambiente de negócios. “Temos acompanhado de perto a força empregadora das micro e pequenas empresas, que, mesmo num cenário de mudanças na condução política do país, continuam gerando vagas”, afirma.

Compartilhe esta notícia nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Publicidade ba

Mais conteúdos sobre

Outros conteúdos que você pode gostar