Programa vai oferecer 17 mil vagas para PcDs

Claudinei Nascimento

, Diversidade

Pessoas com deficiência poderão optar por 61 modalidades de cursos oferecidas pelo Centro Paula Souza  

 

Para promover o desenvolvimento profissional, inclusão e permanência de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, o Governo do Estado lançou, na segunda-feira, dia 2, o programa “Meu Emprego – Trabalho Inclusivo”. 

Em uma primeira etapa, serão oferecidas 17 mil vagas em 61 modalidades de cursos gratuitos de qualificação gratuito, por meio do Centro Paula Souza (CPS), vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico.  

O programa prevê ainda a realização de avaliações médicas e de funcionalidades para análise específica das habilidades do candidato, recomendando as melhores funções e trabalhos de acordo com suas aptidões. 
A Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência, através dos Polos de Empregabilidade Inclusivos (PEIs), também vai orientar os candidatos ao mercado de trabalho e fazer entrevistas individuais para o mapeamento das habilidades e perfis profissionais. No momento, o serviço é realizado na capital e Região Metropolitana de São Paulo. Já para quem mora em outros municípios, o atendimento será feito pelo Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT). 

Para Célia Leão, secretária de estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, o fato da pessoa com deficiência trabalhar lhe dá condições de ter qualidade de vida e ela vai ajudar a cuidar da sua família. “Quando as famílias vão bem, a sociedade também vai melhor.” 

Mais informações podem ser obtidas em www.trabalhoinclusivo.sp.gov.br. 

 

Legenda da foto em destaque: A secretária Celia Leão falou durante o lançamento do programa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade