Instituto Federal abre vagas para cursos técnicos gratuito

Kazuhiro Kurita

, Cursos & Educação

As oportunidades são para 25 cidades do Estado de São Paulo, incluindo a Capital e a sua Região Metropolitana

O Instituto Federal de São Paulo (IFSP) está com inscrições abertas para 2.050 vagas para cursos técnicos gratuitos em 25 cidades do Estado de São Paulo. O prazo final é a próxima quarta-feira, dia 5 de junho. Pode se candidatar quem cursa o segundo ou terceiro ano ou concluiu o ensino médio. Não há limite de idade e a seleção é feita por análise do currículo escolar.

Para se inscrever, é só acessar o endereço processoseletivo.ifsp.edu.br e ler o edital onde consta todos os cursos disponíveis, as localidades e os documentos necessários. Em seguida, assistir ao tutorial da inscrição e fazer o cadastro na plataforma.

Na Capital, dois campi disponibilizam os cursos. No Campus São Paulo (Rua Pedro Vicente, 625, Canindé, São Paulo), são 80 vagas distribuídas em Edificações (período da tarde e noite), Eletrotécnica (noite) e Telecomunicações (noite). No Campus Pirituba (Avenida Mutinga, 951, Pirituba, São Paulo), será ministrado o curso de Administração, com 20 vagas no período noturno. Na Grande São Paulo, o Campus Guarulhos (Avenida Salgado Filho, 3.501, Vila Rio de Janeiro) oferece o curso de Automação Industrial, com 20 vagas, no período noturno.

Serão oferecidas as modalidades de técnicos concomitantes (ensino médio e técnico) e subsequentes ao ensino médio. Os concomitantes são para estudantes que estão cursando o segundo ou terceiro ano e os subsequentes são para aqueles que terminaram o ensino médio, não importando há quanto tempo, pois não existe limite de idade.

O processo seletivo será feito por análise do currículo escolar do último ano do ensino fundamental, com avaliação das notas ou conceitos de Língua Portuguesa e Matemática. Quem concluiu o ensino fundamental por meio de exames de certificação de competências ou de avaliação de jovens e adultos também deve inserir as notas obtidas nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Os candidatos estrangeiros devem preencher as notas ou conceitos obtidos pela disciplina de Matemática e língua oficial escolar do país.


Publicidade

Publicidade

Publicidade