Turismo volta a gerar postos de trabalho

O setor de turismo fechou os primeiros quatro meses do ano com saldo de 2.762 postos de trabalho gerados. O resultado mostra que foi interrompida a sequência negativa verificada nos meses de fevereiro e março, quando foram registrados menos 3.032 empregos nesta área. Os dados fazem parte do estudo Empregabilidade no Turismo, feito pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

O levantamento indica que o segmento de transporte de passageiros foi o que mais influenciou o resultado, ao gerar 3.938 postos formais de trabalho entre janeiro e abril. Por outro lado, o setor de cultura e lazer segue no negativo, com perda de 1.069 postos de trabalho no primeiro quadrimestre.

Em abril, o ramo de turismo empregava 2.926.568 pessoas, principalmente nos segmentos de hospedagem e alimentação, que respondiam por 1,9 milhão de funcionários. Em seguida, aparecem os diversos meios de transporte de passageiros, com 805 mil postos preenchidos.

A avaliação da CNC é de que a recente elevação do dólar, que desvalorizou o real em 10,95%, entre 25 de janeiro e 30 de abril, poderá fazer com que as famílias desistam de viagens internacionais e optem por passeios domésticos. Com isso, certamente, serão incrementadas as vendas de atividades turísticas no país.


Publicidade

Publicidade