Trabalho na indústria é alternativa para profissionais

2 de junho de 2022

Escrito por: Gestão Portal o Amarelinho

O trabalho na indústria vem se mostrando uma área promissora para quem está procurando emprego. Esse é um segmento capaz de agregar diferentes perfis de profissionais e as mais variadas jornadas. Um estudo disponibilizado pela Confederação Nacional das Indústrias (CNI) aponta para a geração de aproximadamente 500 mil vagas nos próximos 4 anos. Além disso, revela que o país precisará capacitar 9,6 milhões de trabalhadores para atender às novas demandas até 2025. Desse total, 2 milhões em formação inicial e 7,6 milhões em formação continuada.

 

O cenário atual do trabalho na indústria

Segundo o último levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), referente a março de 2022, hoje são mais de 12 milhões de trabalhadores atuando na indústria nacional. Desse total, 3,4 milhões somente no Estado de São Paulo. 

Mas se engana quem pensa que essa é uma área voltada para uma habilidade específica. Entre os setores que empregam mais profissionais estão os relacionados à construção e infraestrutura, indústria alimentícia e de vestuário e acessórios. Portanto, são diversos segmentos e possibilidades de trabalho.

Dessa maneira, temos um ambiente muito plural e pronto para atender diferentes tipos de trabalhadores. No entanto, em certos casos, apenas a afinidade com a área de atuação não é o bastante para o casamento entre o profissional e a vaga disponível. Para isto acontecer, existe um movimento muito simples e importante: a capacitação.

Trabalho na indústria é alternativa para profissionais
Dados mostram cenário otimista para o setor

 

Capacitação de profissionais para trabalhar na indústria

A indústria, como muitas outras áreas do mercado de trabalho, depende de colaboradores preparados para atender as exigências  de um mundo tão competitivo. Além disso, trata-se de um setor que passa por constantes mudanças e avanços na tecnologia. Dessa maneira, a capacitação vira um tema central para todo profissional que deseja estar apto para ingressar no segmento.

Por meio de pesquisa realizada pelo Observatório Nacional da Indústria, publicada no Mapa do Trabalho Industrial 2022-2025, entre as principais áreas que necessitam de capacitação estão: formação técnica, logística, setor de alimentos e construção.

De fato, existem diferentes maneiras de se capacitar para atuar na indústria. Uma das mais conhecidas é por meio de cursos técnicos. Do mesmo modo, há a possibilidade de realizar cursos superiores, por meio de faculdades, universidades e ainda os cursos de qualificação. Segundo o mesmo levantamento da CNI, com base na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), profissionais que atuam na indústria com ensino superior completo ganham, em média, R$ 7.651,90. Enquanto isso, trabalhadores com ensino médio completo recebem menos da metade desse valor: em média, R$ 2.379,90.

 

Encontre oportunidades no site do Amarelinho

Viu esses dados e se animou? Já trabalha na área e está buscando um novo emprego? No site do Amarelinho é possível encontrar vagas para trabalhar na indústria. Faça o seu cadastro e fique atento. Toda semana tem novas oportunidades para você!

Banner Amarelinho

Compartilhe esta notícia nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Publicidade ba

Mais conteúdos sobre ,

Outros conteúdos que você pode gostar

NO AMARELINHO VOCÊ CONSEGUE CONTATO DIRETO COM O EMPREGADOR.

Últimas Notícias