Abertura de novas empresas bate recorde

2 de abril de 2019

Escrito por: Kazuhiro Kurita

Fernanda Monnerat diz que a economia em baixa e alta taxa de desemprego levam pessoas a abrirem empreendimentos por necessidade de renda.

O Brasil fechou 2018 com 2.534.785 novas empresas formalizadas e bateu recorde histórico desde o início da série em 2010, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas. Na comparação com 2017, o aumento foi de 15,1%. Do número total de novos empreendimentos no ano passado, os MEIs (Microempreendedores Individuais) são a maioria (81,4%).

Segundo os economistas da Serasa Experian, a fraca recuperação da economia, o reflexo negativo na reversão da taxa de desemprego e na retomada da criação de novas vagas formais de trabalho levaram muitas pessoas a buscarem um negócio próprio como alternativa para geração de renda. Para a diretora de Micro, Pequenas e Médias Empresas da Serasa Experian, Fernanda Monnerat, o empreendedorismo por necessidade realmente aparece como um fator relevante. “A grande representatividade de MEIs e os segmentos que lideraram a abertura mostram que têm muitas pessoas investindo em atividades com produtos e serviços de maior aceitação e consumo no dia a dia, o que demonstra mais a necessidade do que oportunidade”, explica

Entre os empreendimentos abertos de janeiro a dezembro do ano passado, os Serviços de Alimentação predominaram. Nas posições seguintes, figuram os Serviços de Higiene e Embelezamento Pessoal, Reparos e Manutenções de Prédios e Instalações Elétricas e Comércio de Confecções em Geral.

Compartilhe esta notícia nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Publicidade ba

Mais conteúdos sobre

Outros conteúdos que você pode gostar