Liberada mais uma etapa do pagamento de abono

Claudinei Nascimento

, Leis trabalhistas

A Caixa Econômica já começou a pagar o abono do PIS para trabalhadores da iniciativa privada nascidos em setembro. Também têm direito ao abono os servidores registrados no Pasep, com inscrição final 2. Neste caso, a fonte pagadora é o Banco do Brasil. Já havia sido liberado o pagamento a nascidos entre julho e agosto, no caso do PIS, e a funcionários públicos com inscrição no Pasep, cujo número é final 1.  

De acordo com o cronograma, nascidos entre julho e dezembro (no caso do PIS) ou com número final de inscrição entre 0 e 4, no Pasep, receberão o abono este ano. Os nascidos de janeiro a junho e com número de inscrição entre 5 e 9, serão contemplados no primeiro trimestre de 2020. 

Pode receber o abono todos que, em 2018, trabalharam no mínimo 30 dias com carteira assinada, desde que tenham recebido, em média, até dois salários mínimos. É necessário também estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) ano-base 2018.
O valor do abono varia conforme o número de meses trabalhados. Como exemplo, um profissional que tenha atuado todos os meses de 2018 vai receber um salário mínimo, ou R$ 998,00. Já quem trabalhou um mês no mesmo ano recebe 1/12 do salário mínimo (R$ 84,00) e assim sucessivamente. Mais informações sobre o PIS pelo telefone 0800 726 0207 e Pasep (4004-0001 – capitais e regiões metropolitanas – ou 0800 729 0001, para as demais localidades. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade