Jovem aprendiz: tire suas dúvidas

Paula Prata

, Leis trabalhistas

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), feita e divulgada em 2017 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, revela que 30% dos jovens entre 14 a 17 estão desempregados. Entre 18 e 24, a desocupação ainda é grande em cerca de 25% dessa faixa etária da população.

No país, temos um programa que facilita a empregabilidade de jovens em empresas públicas e privadas: todo o ano, o Jovem Aprendiz possibilita grande entrada de pessoas no mercado de trabalho, em diversas áreas.

Ainda que ele já exista há alguns anos, a população carece de informações sobre o programa e muita gente acaba perdendo oportunidades valiosas de iniciar uma carreira em grandes instituições. Pensando nisso, elaboramos um conteúdo especial para sanar todas as dúvidas.

O que é o programa Jovem Aprendiz?

O programa Jovem Aprendiz promove a empregabilidade de jovens de forma legal com condições trabalhistas especiais em caso de pessoas menores de 18 anos.  A contratação pode ser feita por qualquer empregador que deseja desenvolver, em suas empresa, programas de aprendizagem para jovens e adolescentes.

Quem está apto para participar do programa?

O programa dá oportunidade de emprego para jovens entre 14 e 24 anos, que estejam cursando ou formados no ensino médio ou cursando ensino técnico profissionalizante.

Quais são os direitos do Jovem Aprendiz?

Dentro das leis regentes, o jovem aprendiz deve receber ao menos um salário mínimo e ficar inscrito do programa por até dois anos. Outra regra a ser obedecida é que o horário do trabalho não pode chocar com os horários das aulas, tampouco atrapalhar o rendimento escolar.

Para os maiores de 18 anos, a regra é a mesma, podendo a empresa promover um curso com carga teórica para complementar o trabalho prático. Nesses casos, é obrigação da empresa prover um certificado ao findar o período de estudo.

Como conseguir um emprego através do programa?

Para concorrer a uma vaga dentro das empresas cadastradas, os interessados devem ficar atento para abertura de seleção de vagas neste método. Normalmente, a seleção ocorre uma vez por ano e as empresas solicitam que o candidato realize um cadastro conforme orientação de cada uma.

Quais as melhores empresas para se trabalhar dentro do programa?

As empresas que mais contratam e dão oportunidade para o jovem, dentro do programa, são os bancos Bradesco, Caixa, Itaú e os correios.


Publicidade

Publicidade

Publicidade