Desigualdade bate recorde

11 de junho de 2019

Escrito por: Kazuhiro Kurita

O primeiro trimestre, a desigualdade de renda dos brasileiros atingiu o maior patamar já registrado no País, segundo estudo do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV/IBRE). A pesquisa mostra também que os trabalhadores que ganham menos sofreram mais com a crise do que aqueles que possuem uma renda maior. Além disso, os mais pobres estão demorando um tempo maior para se recuperar na comparação com os ricos. Em nota, o pesquisador da área de Economia Aplicada da FGV/IBRE, Daniel Duque, explica que os empobrecidos sentem mais o impacto da crise pela própria dinâmica do mercado de trabalho em tempos de economia fraca. “Há menos empresas contratando e demandando trabalho, ao passo que há mais pessoas procurando. Essa dinâmica reforça a posição social relativa de cada um. Quem tem mais experiência e anos de escolaridade acaba se saindo melhor do que quem não tem”, afirma

Compartilhe esta notícia nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Publicidade ba

Mais conteúdos sobre

Outros conteúdos que você pode gostar

NO AMARELINHO VOCÊ CONSEGUE CONTATO DIRETO COM O EMPREGADOR.

Últimas Notícias