Instituto PROA oferece 320 vagas para qualificação profissional de jovens

Claudinei Nascimento

, Cursos & Educação

Candidato deve cursar ou ter concluído o 3° ano do ensino médio em escola pública, ter renda familiar de até 1,5 salário mínimo por pessoa da família e idade entre 17 e 19 anos.

 

O Instituto PROA está com inscrições abertas (https://www.proa.org.br/p/aluno-proa) para 320 vagas ao curso de qualificação profissional gratuita em São Paulo. Podem participar jovens de 17 a 19 anos, que estejam cursando ou tenham concluído o 3° ano do ensino médio em escola pública e com renda familiar de até 1,5 salário mínimo por pessoa da família.  

O curso tem duração de seis meses e pode ser realizado no período da manhã ou tarde, sempre no contraturno escolar, caso o candidato seja estudante. A próxima turma começa as aulas no início de 2020.  

Para atender às exigências das empresas, são trabalhadas competências comportamentais e socioemocionais, como capacidade para trabalhar em grupo, resiliência e criatividade, além das disciplinas técnicas, entre elas práticas administrativas, informática, comunicação, redação e matemática. Destaque também para ações que enriquecem o repertório cultural dos alunos, como passeios a museu e teatros, unindo entretenimento e aprendizado.
Para Rodrigo Dib, diretor executivo do instituto, percebe-se uma procura incessante das empresas por profissionais que tenham a característica de demonstrar paixão pelo que se faz e, esta, infelizmente, não está disponível em prateleira de cursos, não existe dinheiro capaz de criá-la. “Estamos falando de acreditar, fazer com determinação, de não haver linha divisória entre o que você faz no trabalho e a vida pessoal.” 

De olho nessa tendência, o objetivo é que o jovem saia preparado para encarar o mercado de trabalho e os competitivos processos de recrutamento e seleção. E os resultados têm sido satisfatórios. Dados dos últimos três anos mostram que 85% dos jovens formados no instituto estão trabalhando em grandes empresas.
 

Animação 

Esse alto índice de empregabilidade anima a jovem Jady Iasmin Camillo, 18 anos, que está no programa de capacitação desde julho. Ela concluiu  o ensino médio e busca seu primeiro emprego, preferencialmente, na área administrativa. E demonstra confiança. “Me sinto bem mais preparada. Hoje, entendo como devo me comportar em uma empresa e quais posturas ter em uma entrevista de emprego”, explica.  

A conquista de uma oportunidade de trabalho será fundamental para Jady cumprir outra etapa de sua trajetória, que é ingressar em uma faculdade de Fisioterapia. E este é apenas um primeiro passo para sua vida acadêmica. “Aqui, somos estimulados a dar continuidade aos estudos e quero fazer mestrado, doutorado”, finaliza ela, com entusiasmo.

 

Legenda da foto em destaque: Jady Iasmin Camillo, no destaque, está animada com o curso de capacitação.


Publicidade

Publicidade

Publicidade