Ensino técnico encurta caminho para o emprego

Diversas instituições oferecem gratuitamente esta modalidade de educação que une teoria à prática.

O ensino técnico pode ser caminho mais rápido para quem busca uma capacitação de olho na conquista de uma vaga no mercado de trabalho. Neste tipo de formação educacional, sete em cada 10 estudantes conseguem entrar em empresas depois de um ano de formados.

A diretora institucional do Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo, Patrícia Loureiro Marques Macedo, diz que o ponto positivo dos cursos técnicos é o foco na prática e na solução de problemas, fazendo com que eles sejam uma boa opção para quem tem pressa em começar a trabalhar. “O ensino técnico traz a realidade do mercado de maneira rápida e prática para dentro da sala de aula, ajudando os estudantes a lidarem com conceitos do dia a dia das empresas”, afirma.

Este cenário animador dos cursos técnicos tem atraído muitos candidatos. Quem viveu de perto esta concorrência foi Eduardo Luiz da Silva, 22 anos, que se formou em Eletrônica em 2013. “A possibilidade de vivenciar o ambiente empresarial na prática foi fundamental para conquistar uma vaga no mercado de trabalho”, diz o jovem, que hoje atua na monitoria de redes de uma multinacional do setor de Telecomunicações. A aprovação, porém, exigiu grande esforço. Quando estava no último ano do ensino fundamental, Silva fazia também um cursinho preparatório.

Muitas instituições, como o Senai e o Colégio Termomecanica, oferecem cursos técnicos gratuitos. Neste momento, o Liceu está com inscrições abertas até 8 de novembro para as áreas de Multimídia, Automação Industrial e Edificações. Para se candidatar a uma vaga, os interessados devem ter renda familiar de até três salários mínimos (R$ 2.862,00) por pessoa e estar cursando a segunda série do ensino médio. A inscrição custa R$ 60,00 e pode ser feita no site http://www.liceuescola.com.br/processo-seletivo/.

Outras instituições que estão com inscrições abertas até o dia 12 de novembro são as Escolas Técnicas Estaduais (ETECs). Elas devem ser realizadas através do site www.vestibulinhoetec.com.br, onde também é possível verificar os cursos disponíveis.  A taxa de R$ 30,00 precisa ser paga em dinheiro em qualquer agência bancária. Os candidatos aos cursos técnicos precisam ter concluído ou estar cursando a partir do segundo ano do ensino médio.

Ensino técnico abre portas no mercado de trabalho


Publicidade

Publicidade

Publicidade