Técnicas de revisão infalíveis para os seus estudos

Esteja você estudando para provas de vestibular, faculdade ou concurso, técnicas de revisão eficazes serão sempre de grande importância. Já falamos por aqui de técnicas de memorização e de gestão de tempo. Mas revisão é a verdadeira cereja do bolo. Não chega a ser um mistério que nos lembramos melhor das coisas imediatamente depois de ler, ouvir ou vê-las pela primeira vez. Porém, com o passar do tempo, nossa memória começa a falhar.

 

É por isso que revisar as informações regularmente é fundamental. Sendo assim, são nesses momentos que você pode transferir novos conhecimentos e habilidades da memória de curto prazo para a memória de longo prazo. Quanto mais valiosa ou complexa for a informação, mais esforço precisamos fazer.

 

O que são técnicas de revisão?

Técnicas de revisão são estratégias para fixar na sua mente informações que você já aprendeu. Elas são ideais para momentos em que se está aprendendo algo com um fim específico. Por exemplo, para testes ou provas.

 

Elas também podem ser úteis para lembrar informações no geral. Como quando você precisa aprender um novo processo ou sistema no seu trabalho.

 

As estratégias de revisão dependem da importância das informações e da sua dificuldade de aprendizado. É preciso levar em consideração também as suas próprias habilidades e preferências como aluno. Assim, é possível escolher a melhor técnica para você.

 

Revise suas informações de forma constante e imediata

Passe alguns minutos revisando as novas informações logo que aprendê-las. Dessa forma, você examina o material novamente e acrescenta observações. A saber, explicar para si e em voz alta os pontos-chave é uma ótima estratégia.

 

Essa primeira revisão é uma boa maneira de verificar se você entendeu tudo que precisa. Ela também tem o intuito de evitar que você acabe tendo que reaprender o conteúdo completamente ao revisá-lo mais tarde.

 

Ensine outra pessoa

Ensinar o que você está estudando para outra pessoa é uma das melhores técnicas de revisão. Encontre um “aluno” disposto e explique a ele o que você tem aprendido.

 

Assim sendo, você terá consciência de todos os aspectos que você não entende ou não consegue lembrar. Ou seja, vai conseguir identificar exatamente onde o seu conhecimento está mais fraco e precisa de atenção. Além disso, o seu “aluno” pode fazer perguntas que irão testá-lo sobre o assunto e, portanto, atuar no fortalecimento da sua compreensão.

 

Reescreva suas anotações

Em vez de simplesmente fazer anotações uma vez e encará-las apenas quando tiver uma prova importante, que tal reescrevê-las regularmente? De fato, você pode ir melhorando o seu conhecimento e acrescentando informações aos poucos. Uma boa maneira de fazer isso é usar post-its e/ou marcadores com palavras-chave. Caso prefira, você também pode transferir as suas anotações para um fluxograma. Isso fornecerá uma representação colorida de suas notas, o que pode ajudar a dar uma visão geral do assunto e as principais áreas dentro dele.

 

Agora que você já sabe algumas das melhores técnicas de revisão, não deixe de conferir as oportunidades que selecionamos aqui no Amarelinho. E acompanhe também a gente nas redes sociais para não perder nenhuma novidade.

 

Até a próxima!


Publicidade

Publicidade

Publicidade