5 conselhos para entrevista de emprego por videochamada

Devido ao confinamento, quem está na luta por um emprego deve estar preparado para uma entrevista por meio de videochamada. Essa já era um tendência que vinha crescendo antes da pandemia do coronavírus, mas que agora é praticamente a única forma de contato que os recrutadores têm com os candidatos. 

Outra tendência que acabou se estabelecendo foi o home office. “Recrutadores estão procurando pessoas que saibam trabalhar em casa, já tenham experiência ou disciplina o bastante, afinal, não é algo tão fácil de se confiar”, conta Madalena Feliciano, CEO do Outliers Careers e IPCoaching.

Porém, para conseguir ser contratado nesse tipo de situação atípica, você precisa seguir algumas dicas. O nervosismo e ansiedade são reações normais, porém não deixe que elas atrapalhem a sua entrevista. Lembre-se que recrutadores estarão avaliando não só a sua experiência, mas também suas expressões e capacidade de se apresentar.

 

Como não se intimidar e se sair bem na entrevista 

Atenção ao equipamento técnico

Seu computador e conexão da internet precisam estar funcionando corretamente para o bom andamento da entrevista. Por isso, realize testes antes. O fone de ouvido está funcionando? E o microfone? A câmera está com a lente limpa e sem nenhum objeto atrapalhando o seu enquadramento? Atenção também ao nível de bateria do seu computador. O recomendado é que você deixe ele conectado à energia durante a entrevista. Se o sinal do Wi-Fi estiver muito fraco, considere mudar de cômodo. 

Os mesmos testes valem para quem vai utilizar o celular. Nesse caso, se possível, opte por um tripé ou outros apoios. Dessa forma, o recrutador tem uma visão mais estável e você fica mais livre para se expressar.

 

Vista a sua melhor roupa

Utilize os mesmos trajes que você usaria em uma entrevista de emprego “comum”. Assim, você transmite uma imagem séria e evita situações embaraçosas se precisar levantar no meio da conversa. Cores escuras sempre são uma boa pedida. Evite utilizar roupas da mesma cor da sua parede. E mulheres, atenção: nada de roupa com muito brilho e maquiagem carregada. Nessas horas, menos é sempre mais.

 

Posição e postura 

Não fique muito longe da câmera, isso é impessoal e você se conecta menos com o recrutador. Coloque a câmera no nível dos olhos, fique no centro do quadro e mantenha a distância que você normalmente manteria ao falar com alguém pessoalmente. Uma boa dica é garantir que o rosto e os ombros estejam visíveis no vídeo. Fale de modo calmo e claro para que suas ideias sejam compreendidas. 

E pode parecer um pouco desconfortável, mas olhe para a câmera. “Assim, a imagem que o recrutador terá é que você está olhando nos olhos dele”, explica Madalena.

 

Foque apenas na entrevista

Esqueça outros aplicativos durante a entrevista. Deixe o celular no modo silencioso, feche todas as janelas do seu computador e avise as pessoas que você estará fazendo uma entrevista. Desse modo, você evita barulhos e interrupções. 

 

Saiba vender o seu peixe

É claro que você é totalmente livre para falar sobre as suas experiências da maneira que preferir. No entanto, tenha alguns pontos em mente que os recrutadores apreciam: um breve histórico sobre quem você é, o que aprendeu com experiências passadas, suas habilidades que se destacam e suas ambições. Utilize frases curtas e assuma uma postura de proatividade. E como brilhar na hora? Madalena dá a dica: “Quanto mais você se preparar, falar as respostas que planeja dar e se sentir confortável durante a vídeochamada, melhor se sairá. Não deixe que a falta de experiência nessa modalidade seja um obstáculo”.


Publicidade

Publicidade

Publicidade