Consumidor brasileiro reclama da “velocidade” das marcas

9 de novembro de 2018

Escrito por: Paula Prata

O mundo já não é mais o mesmo, cada vez mais realizamos nossos afazeres com maior agilidade justamente pela rápida maneira com que tudo acontece. Essa realidade nos faz cobrar de forma automática a mesma rapidez das pessoas ao nosso redor e até mesmo dos serviços e produtos que utilizamos.

Uma pesquisa realizada pela Officina Sophia Minds & Hearts revela que os consumidores não estão contentes com serviços ou produtos oferecidos pelas marcas no mercado, isso porque os produtos e serviços estão ficando “rapidamente” velhos. Cerca de 92% dos entrevistados demonstraram insatisfação com a velocidade do envelhecimento e reclamaram sobre o ritmo mais lento de inovações das marcas para prover o que é necessário para atender suas necessidades.

O público, de maneira geral, acredita que as pessoas estão se beneficiando com a velocidade das transformações no comportamento, nos valores e nos relacionamentos. Por isso, exige respostas imediatas por parte das empresas. Em contraponto, a mesma pesquisa alertou que o ritmo acelerado tem colaborado para o aumento da ansiedade na população, o que não é considerável saudável.

Entre os empresários, 52% acreditam que estão trabalhando na média do mercado e 38% assumem não estar correspondendo às expectativas de seus consumidores quando se trata de inovação em seus produtos.  

Compartilhe esta notícia nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Publicidade ba

Mais conteúdos sobre

Outros conteúdos que você pode gostar

NO AMARELINHO VOCÊ CONSEGUE CONTATO DIRETO COM O EMPREGADOR.

Últimas Notícias