Como se diferenciar em época de poucas oportunidades

Claudinei Nascimento

, Carreira
Para especialista, mercado abre portas para quem tem sede de conhecimento e está sempre em busca de coisas novas.

Não há como negar que a conquista de um emprego nos dias atuais está cada vez mais complicado. Basta ver o grande número de desalentados, pessoas que têm desistido de buscar uma vaga no mercado de trabalho. Mas esse, certamente, não é o caminho ideal para mudar a trajetória profissional.
Para Alexandre Slivnik, especialista em gestão de pessoas e diretor da Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD), é preciso deixar essa zona de conforto e aproveitar o tempo fora do mercado para buscar coisas novas. “As empresas querem pessoas com sede de conhecimento, vontade e disponibilidade de aprender”, diz.
Essas características são importantes porque estão atreladas a quem busca constantemente o autodesenvolvimento e isto é que leva o profissional a sonhar mais alto. “Mesmo desempregado, é preciso dar um recado aos empresários de que você não está acomodado, muito menos sem perspectivas de futuro, que é a situação do desalentado”, acrescenta Slivnik.

Alexandre Slivnik, especialista em gestão de pessoas e diretor da ABTD

Dificuldades
Para o especialista, apresentar diferenciais torna-se ainda mais necessário para públicos que têm maior dificuldade de ingressar no mercado, como os jovens sem experiência e pessoas com idade mais avançada. “Para driblar essas adversidades, é importante entender as demandas do mercado de trabalho e descobrir o que é possível entregar de diferente para a empresa”, afirma.

No caso dos jovens, importa conseguir uma formação adequada e alinhada com o negócio ou área do conhecimento que pretende trabalhar e estar atento ao comportamento, assumindo uma postura proativa, valorizada pelas organizações. Já as pessoas mais maduras devem demonstrar humildade para descobrir novas habilidades e se reinventar. “Mas, em ambos os casos, é preciso buscar crescimento profissional e isso envolve ambição, autoconfiança e audácia. Esses itens são essenciais para continuar crescendo em todos os âmbitos da vida profissional”, finaliza Slivnik.

Publicidade

Publicidade

Publicidade