Quais os principais concursos aguardados para 2019?

Paula Prata

, Carreira

Chegamos ao final de 2018 e muitos já estão com diversos planos para o ano seguinte, que já está bem próximo. Muitas pessoas estão focando em uma faculdade, outros em um novo emprego e ainda alguns já estão pensando em entrar na vida de concurseiro e conquistar aquela vaga tão desejada.

Mesmo que o ano ainda não tenha começado, diversas companhias já estão com editais previstos para o próximo ano! Confira abaixo a lista dos editais mais aguardados de 2019:

IBGE

Em 2017, foi protocolado um pedido de 1.800 vagas, das quais 1.200 seriam para Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas e 600 para Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas.

Além das vagas fixas, são previstas cerca de 240 mil contratações temporárias por conta da pesquisa do Censo 2020.

Educação – SP

A Secretaria Estadual da Educação de São Paulo está autorizada a realizar concurso para a contratação de 15 mil professores efetivos de educação básica II para substituir profissionais contratados em caráter temporário. Os interessados devem possuir formação de nível superior, com licenciatura na respectiva área de atuação. A remuneração básica inicial da carreira é de R$ 1.938,75, com jornada de 30 horas semanais. Com plano de carreira, pode chegar a R$ 3.899,94.

Polícia Rodoviária

O Governo Federal autorizou, no dia 27 de julho, a abertura de 500 vagas para o cargo de policial rodoviário federal. O prazo para publicação do edital é de seis meses. Para exercer o cargo, é necessário ter formação superior e CNH B. A remuneração inicial é de R$ 9.043,98.

Assembleia Legislativa – SP

A Assembleia Legislativa foi autorizada a abrir oportunidades para os cargos de técnico (com exigência de nível médio ou técnico), analista em diversas áreas (com formação superior) e procurador (com graduação em Direito e pelo menos dois anos de inscrição na OAB). Os salários iniciais devem variar de R$ 6.642,70 a R$ 18.772,15.

DETRAN – SP

O Departamento de Trânsito está autorizado a contratar 575 profissionais, sendo 375 para oficial estadual de trânsito I, com exigência de ensino médio, e 200 para agente estadual de trânsito I, que exige nível superior em algumas áreas (Administrativa, Jurídica, Financeira, RH, Controle de Credenciados e Educação do Trânsito, entre outras) e CNH B. Os salários devem variar de R$ 1.863,00 a R$ 4.657,50.

Centro Paula Souza

O Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (Ceeteps) foi autorizado a contratar 540 servidores distribuídos nas funções de agente e técnico administrativo (326), com exigência de nível médio completo, analista de suporte e gestão (208) e especialista em planejamento educacional, obras e gestão (6), ambos com nível superior. Os salários devem variar de R$ 1.535,94 a R$ 4.306,87.

Receita Federal

O Ministério da Fazenda encaminhou ao Ministério do Planejamento pedido de autorização para a criação de 2.083 vagas para os cargos de analista tributário (1.453) e auditor fiscal (630), ambos com exigência de nível superior. Em outro pedido, espera-se a liberação para contratação de assistente técnico administrativo (904), que pede nível médio, e analista administrativo (257), com exigência de nível superior.

Banco Central

O Banco Central aguarda autorização para a criação de 150 vagas para técnico administrativo, 800 para analista e 40 para procurador. Apesar de a sede ser em Brasília, a organização tem unidades em diversos estados brasileiros, entre eles, São Paulo.

Conselho de Medicina – DF

O Conselho Federal de Medicina (CFM), com sede em Brasília, realizará concurso público para o preenchimento de 109 vagas, sendo três para preenchimento imediato e as demais para formar cadastro reserva. Os salários iniciais deverão ser de R$ 4.956,84 para os cargos que exigem ensino médio e de R$ 9.427,93 para os de nível superior. Quem possui ensino médio poderá concorrer aos cargos de serviços operacionais, assistente administrativo, assistente de tecnologia da informação e técnico em contabilidade. Para graduados, as oportunidades são para advogado, analista de tecnologia da informação, bibliotecário e jornalista.

Senado Federal

Deve sair, no começo do ano, um concurso público para o Senado Federal, que apresenta alto déficit no quadro de servidores, principalmente no cargo de técnico legislativo, que exige nível médio, além de consultor legislativo e analista legislativo (nível superior). A validade do último certame, que aconteceu em 2012, expirou em julho de 2015, o que reforça a necessidade de demanda de um novo edital.

Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) recebeu o aval do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão para realizar concurso público com 78 vagas para o cargo de técnico administrativo. A confirmação da autorização foi publicada no Diário Oficial da União, e a expectativa é de que o edital seja publicado até o dia 18 de outubro.

CRC/SP

O Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo realizará concurso público para o preenchimento de 30 vagas para níveis fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 1.454,00 a R$ 7.958,00. A organizadora do concurso já foi definida e agora é aguardada a definição dos últimos detalhes para divulgação do edital.

Justiça

O Supremo Tribunal Federal (STF) organizará novo concurso para o preenchimento de vagas em seu quadro de servidores. Não foram divulgados os cargos e as especialidades que serão disponibilizadas, mas como a última seleção já teve seu prazo vencido, a expectativa é de que as oportunidades contemplem os postos de técnico (nível médio) e analista (nível superior). As remunerações giram em torno de R$ 4.600,00 para técnico e R$ 5.200,00 para analistas.

Gestão pública – SP

A Secretaria de Gestão Pública do Estado de São Paulo (SGP/SP) lançará concurso público com ofertas de 150 oportunidades para o cargo de especialista em políticas públicas, que requer nível superior completo em qualquer área de formação.


Publicidade

Publicidade

Publicidade