Como a autossabotagem pode impedir o sucesso profissional?

1 de outubro de 2021

Escrito por: Gestão Portal o Amarelinho

Às vezes, o medo e a insegurança acabam nos paralisando e nos levando a agir contra nós mesmos. No campo da psicologia, isso é conhecido como autossabotagem. Esses comportamentos ocorrem de modo inconsciente e, em geral, tendem a impedir a realização de objetivos e projetos tanto na esfera pessoal quanto profissional.

 

O objetivo da autossabotagem é manter a pessoa dentro de sua zona de conforto, onde tudo é fácil e previsível. Ela age como uma espécie de mecanismo de defesa a fim de evitar situações desconhecidas, estressantes e possíveis sofrimentos futuros. 

 

Existem vários fatores que influenciam a autossabotagem, não apenas em sua vida profissional, mas também em sua vida diária. Fique atento aos seguintes sinais e veja o que fazer nesses casos.

 

Três sinais que indicam autossabotagem

Você não termina as coisas

 

Começar várias coisas e deixá-las pela metade é uma constante na sua vida? Você coloca muito trabalho e esforço em algo e quando está para terminar, é tomado pelo desânimo? Hora de subir o sinal de alerta. Aqui, a explicação é simples: se você nunca termina nada, não terá que enfrentar a possibilidade de falhar, de não estar à altura ou de cometer erros. Ou a possibilidade de não saber lidar com o sucesso.

 

Assim, você pode ser competente e inteligente, mas nunca vai descobrir o prazer de atingir seus objetivos e se mostrar à altura da tarefa. 

 

Toda hora uma desculpa diferente

 

A autossabotagem é a melhor amiga das desculpas. Portanto, é importante que você identifique quais você está usando. Dessa maneira, fica mais fácil achar uma solução e traçar objetivos concretos. Por exemplo, se uma das desculpas para iniciar um projeto tem a ver com falta de dinheiro, é hora de cortar gastos e começar um planejamento financeiro.

 

Você se importa com o que as outras pessoas pensam

Avaliar a si mesmo por meio dos outros deixa claro que você tem um claro problema de autoestima. Sendo assim, você acha que os outros falam mal do seu trabalho, que seus colegas não gostam de você ou que seu chefe te odeia. É a famosa síndrome do impostor. 

 

Se você der mais importância ao que os outros pensam, estará deixando seu bem-estar nas mãos deles. Não deixe isso acontecer.

 

Como se livrar da autossabotagem?

O primeiro passo é reconhecer o que está acontecendo com você. O mais importante diante de qualquer tipo de eventualidade não é evitar o medo, mas estar atento a ele. Quando a pessoa toma consciência dos seus receios e inseguranças, fica mais fácil tomar as melhores decisões e evitar ações sabotadoras que interrompam seus objetivos. Se necessário, procure ajuda profissional e tenha a melhor orientação sobre como evitar esse tipo de situação.

Compartilhe esta notícia nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Publicidade ba

Mais conteúdos sobre ,

Outros conteúdos que você pode gostar