Oportunidade gratuita para quem quer estudar marcenaria

29 de setembro de 2021

Escrito por: Gestão Portal o Amarelinho

Uma ótima oportunidade para quem quer estudar mais sobre marcenaria e, sobretudo, conquistar espaço no mercado de trabalho. O Instituto Leo Social oferece bolsas integrais para pessoas em situação de vulnerabilidade interessadas em fazer o curso de ½ oficial de Marcenaria. Para se candidatar às bolsas, é necessário ter no mínimo 18 anos, renda de até meio salário mínimo por pessoa da família e concluído a sexta série do ensino fundamental. Desse modo, as inscrições devem ser feitas por meio de formulário no site.

 

Sobre o curso para estudar marcenaria

 

As aulas acontecem na Rua Bartolomeu Paes, 136, Vila Anastácio, zona oeste da Capital. O curso tem carga horária de 220 horas, distribuídas em 49 dias úteis. Ele acontece entre 13 de outubro e 22 de dezembro, de segunda a sexta-feira, no período da manhã (8h às 12h30) ou da tarde (13h às 17h30).

 

O conteúdo programático envolve as principais técnicas do setor moveleiro e abrange os seguintes tópicos, nesse sentido, são eles: EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), Evolução da Madeira, Processos de Fabricação, Sistemas de Medidas, Processo de Produção, Ferramentas Manuais, Máquinas Manuais, Máquinas Estacionárias, Sistema de Encaixe, Medição e Corte, Plano de Corte, Plano de Corte em Software, Colagem de Fita de Borda (manual e estacionária), Aplicação de Dispositivo de Montagem, Dobradiças, Corrediça Oculta, Corrediças Telescópicas, Aplicação de Laminado Decorativo de Alta Pressão, Aplicação de Porta de Correr, Interpretação de Desenho (noções básicas) e Desenho em 3D – Promob.

 

Além das competências técnicas, os alunos serão estimulados a empreender. Para isso, já há uma parceria com o Sebrae, a fim de que os participantes sigam adiante na ideia de serem protagonistas de sua própria jornada. “Por meio da capacitação, acreditamos que é possível esses alunos terem uma melhor qualidade de vida”, em conclusão de Kenia Malves, coordenadora do Leo Social.

 

Impacto do projeto social

 

É o que busca, neste momento, a ex-aluna Claudineia Alves Carvalho, 46 anos, que já colhe os frutos desta qualificação. Considerada um divisor de águas em sua carreira. Dessa maneira, ela terminou o curso em maio deste ano e já participa de alguns projetos junto ao Leo Social, reforçando o desejo de se aperfeiçoar e continuar na área. Planos para o futuro? Ela tem sim. “Quero montar a minha própria marcenaria”, diz, esperançosa.

 

Autor: Claudinei Nascimento

Compartilhe esta notícia nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Publicidade ba

Mais conteúdos sobre ,

Outros conteúdos que você pode gostar

NO AMARELINHO VOCÊ CONSEGUE CONTATO DIRETO COM O EMPREGADOR.

Últimas Notícias