Saiba como não cair em vagas falsas

As pessoas que procuram emprego devem estar atentas aos anúncios publicados na internet. Muitas já foram vítimas de golpistas que publicam vagas falsas com propostas de contratação. Portanto, você deve ter cuidado para não ser uma vítima da lábia dessas pessoas mal-intencionadas. Mas antes de explicar como você deve agir, é bom já avisar: não há empregos que permitam ganhos fáceis em pouco tempo. Ou melhor, não há atividades de trabalho honestas que fazem você ganhar muito e de forma imediata.

Normalmente, as vítimas estão tão ansiosas que o bom senso nessas horas desaparece. Paulo Sardinha, presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-Brasil), explica: “Infelizmente, são situações que se repetem, fruto da ação de pessoas ruins que tentam tirar proveito da angústia alheia, derivada do desemprego ou aspiração de tantos outros que desejam um progresso profissional”. De acordo com levantamento feito por uma empresa de segurança digital, no Brasil, ao menos dois milhões de pessoas já foram vítimas de golpes de vagas falsas. Veja como não fazer parte desses números.

 

Cuidados que você pode tomar ao procurar um emprego

 

A maioria das empresas sérias recrutam candidatos por meio de plataformas especializadas para esse fim. Quando o anúncio contém o nome da empresa, fica muito mais fácil conferir as informações e pesquisar sobre ela, entendendo qual atividade ela realiza. Ao encontrar uma oferta de emprego online, verifique se as informações que ela contém são consistentes. A empresa que oferece a vaga existe ou é conhecida? O salário oferecido está de acordo com a descrição do trabalho? Onde o trabalho será realizado? Haverá um processo seletivo? É uma atividade legítima? No entanto, você pode utilizar a plataforma para perguntar mais sobre o vaga a qualquer momento e, posteriormente, fazer uma pesquisa no Google. 

Outro ponto que requer atenção é o texto. Anúncios de emprego mal escritos ou que contêm erros de ortografia devem ser descartados. Tanto plataformas de empregos quanto as empresas com uma certa reputação cuidam muito bem da sua imagem e geralmente não há esse tipo de erro.

E, por último, nada de acreditar em conto de fadas. Pode ser tentador, mas um anúncio que promete um salário alto geralmente é um indicativo de cilada. Pagam muito e o trabalho é só meio período? Não exigem experiência? Prometem grandes rendas para trabalhar remotamente? Nesse caso, verifique muito bem se a oferta de emprego é realmente verdadeira. Lembre-se de que, com o isolamento e o aumento da tecnologia, é possível realizar o trabalho em casa, mas, diferentemente das propostas dos golpistas, os anúncios reais não prometem altos ganhos em pouco tempo.

 

Como evitar as vagas falsas?

Jamais forneça informações pessoais e dados bancários a uma pessoa desconhecida. Geralmente, o objetivo dessas solicitações é roubo de identidade, ou seja, o crime de estelionato. Nesse sentido, essas são informações que você não deve comunicar nos estágios iniciais do recrutamento. 

Às vezes, os golpistas se escondem atrás de uma série de procedimentos que devem ser executados para formalizar seu contrato. Portanto, não faça nenhum tipo de pagamento em troca de um possível emprego e também não aceite nenhuma compensação (monetária ou não) de um futuro empregador se você ainda não assinou um contrato. Caso você tenha a menor dúvida sobre um anúncio, entre em contato com a plataforma que postou a oferta de emprego.

 

O Amarelinho dedica vários recursos para a detecção e eliminação de vagas falsas publicadas em seu portal. Quando algum de nossos usuários nos informa sobre uma oferta suspeita, rapidamente procedemos à sua verificação. Isso inclui a possibilidade de cancelar a publicação do anúncio, retirar o acesso, bem como tomar as ações legais pertinentes.

Se detectar alguma oferta suspeita, informe. E não esqueça de conferir as nossas ofertas em emprego.

Até a próxima!


Publicidade

Publicidade

Publicidade