Micros e pequenos mais confiantes

Kazuhiro Kurita

, Empregos

A confiança da micro e pequena empresa abriu o ano com um índice recorde de expectativas positivas. É o que mostra um levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). Os dados de janeiro revelam que o Indicador de Confiança apurado com esses empresários marcou 65,7 pontos, o maior desde maio de 2015, início da série histórica. Na comparação com janeiro de 2018, houve uma alta de 20,2%. Pela sexta vez seguida, o resultado ficou acima dos 50 pontos, indicando que o clima de otimismo prevalece entre os entrevistados. Na avaliação do presidente da CNDL, José Cesar da Costa, se forem confirmadas as expectativas ao longo de 2019, a confiança poderá consolidar-se acima do nível neutro e encorajar os micro e pequenos empresários a investirem e, por consequência, iniciar um ciclo virtuoso para a economia. “Porém, isso dependerá de um ambiente político estável”, diz Costa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade