Imposto de renda: tudo que você precisa saber

19 de março de 2022

Escrito por: Gestão Portal o Amarelinho

Mais de dois meses do ano já se passaram e a Receita Federal definiu o dia 29 de abril como prazo final para a declaração do Imposto de Renda (IR). Mas, afinal, o que isso significa? Quem deve declarar? Como fazer da maneira correta? Essas são algumas perguntas comuns feitas por trabalhadores, mas bem simples de compreender. Acompanhe o passo a passo conosco.

 

O IR é um imposto federal sobre a renda do cidadão. Ou seja, ele é calculado sobre parte do que é ganho ao longo do ano. Para isso, o governo estipula um prazo para que as pessoas realizem a declaração do tributo. Nela, é preciso constar suas despesas e ganhos durante o último ano, incluindo seu salário, carro, casa, dinheiro na poupança e todas as suas movimentações financeiras fixas mensais.

 

Elegíveis para a declaração do Imposto de Renda

 

Primeiro, vale lembrar que não são todos que precisam cumprir com a declaração, apenas aqueles que se encaixam nas seguintes especificações: cidadãos com rendimentos tributáveis anuais superiores a R$ 28.559,70 e, no caso da atividade rural, que obteve receita bruta maior que R$ 142.798,50. Além disso, pessoas com rendimentos isentos ou não tributáveis em que a soma ultrapassou R$ 40.000,00 também devem declarar. Aqueles que atenderem aos requisitos e não fizerem a declaração estarão sujeitos à multa.

 

Documentos necessários

 

Para cumprir com a declaração do Imposto de Renda corretamente, é preciso estar atento aos documentos necessários. São eles: CPF, comprovante de residência, Título de Eleitor, última declaração do IR (caso exista), documentos de dependentes (caso existam) e dados da conta bancária. Para incluir dependentes na declaração, é necessário constar nome completo, data de nascimento e CPF.

 

Restituição do IR

 

Contudo, a declaração precisa estar em conformidade com os seus ganhos anuais. Ou seja, não é possível se esquecer ou omitir informação relevante para a Receita Federal. Caso o valor declarado seja menor que o real, o contribuinte terá de pagar o valor restante. No entanto, se o valor ultrapassar o necessário, a Receita restitui para o declarante. Nesses casos, o dinheiro será encaminhado por meio de conta bancária.

 

Dica para iniciantes na declaração do imposto de renda

Para aqueles que são novos no assunto, ou que têm dificuldade com o tema, é possível acessar o site da receita federal e seguir o passo a passo para declarar. Dessa maneira, por meio do portal, você escolhe a melhor opção de plataforma para realizar a declaração.

Compartilhe esta notícia nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Publicidade ba

Mais conteúdos sobre

Outros conteúdos que você pode gostar