Oportunidade para se tornar um marceneiro

Kazuhiro Kurita

, Cursos & Educação

Kenia Malves em uma das oficinas de marcenaria da Leo Educa.

O Instituto Leo, por meio do programa Leo Educa, está com 60 vagas abertas para o curso básico gratuito de marcenaria, ministrado na Rua Bartolomeu Paes, 136, Vila Anastácio, São Paulo. As aulas acontecem de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h ou das 14h às 18h, com duração de 55 dias. Os participantes saem como ½ oficial marceneiro e aptos para trabalhar em marcenarias ou iniciar seu próprio negócio.

Os candidatos devem ter mais de 18 anos, ter concluído pelo menos a sexta série do ensino fundamental e renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa. As inscrições podem ser feitas até 24 de maio pelo e-mail leo.educa@leomadeiras.com.br, com nome completo, data de nascimento e telefone para contato.

Segundo a coordenadora dos cursos, Kenia Malves, o objetivo é formar e inserir jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social por meio do ofício da marcenaria. “O conceito de vulnerabilidade social mudou muito com esta crise prolongada e algumas pessoas, inclusive com formação universitária, vêm passando por grandes dificuldades. Já tivemos aluno com pós-graduação e mestrado na Alemanha e um artista plástico doutorando na USP, que veio aperfeiçoar a técnica em madeira. Eles fizeram o curso junto com moradores de albergue e jovens infratores em processo de ressocialização”, conta, acrescentando que os participantes aprendem a profissão com aulas teóricas e práticas, produzindo móveis de todos os tipos.


Publicidade

Publicidade

Publicidade