Brasil gerou 43.820 vagas com carteira assinada

7 de outubro de 2019

Escrito por: Claudinei Nascimento

Dados do Caged foram divulgados no dia 23 de agosto. São Paulo é o estado que mais se destacou.

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados em 23 de agosto, mostram que foram gerados 43.820 vagas formais no Brasil em julho, crescimento de 0,11% em relação ao mês anterior. Entre os estados, São Paulo é o que teve maior saldo positivo, ofertando 20.204 vagas com carteira assinada.  

Se computados os sete primeiros meses do ano, foram abertas 461.411 vagas formais, uma variação de 1,20% se comparado com o mesmo período do ano passado, quando houve a criação de 448.263 oportunidades.  

Entre oito setores analisados, sete contrataram mais do que demitiram: Construção Civil, Serviços, Indústria de Transformação, Comércio, Agropecuária, Extrativa Mineral e Serviços Industriais de Utilidade Pública. Apenas a Administração Pública registrou saldo negativo. 

Um detalhe importante é que parte dos empregos gerados está associada a novas modalidades de trabalho, como  o intermitente, que teve saldo de 5.546 postos, principalmente em ocupações como alimentador de linha de produção, servente de obras e faxineiro. Já na categoria de trabalho em regime de tempo parcial, surgiram 740 vagas, em ocupações como auxiliar de escritório e operador de caixa.

Para o secretário de Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Dalcomo, os dados apresentados mostram uma recuperação gradual dos empregos, em consonância com o desempenho da economia.

Compartilhe esta notícia nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Publicidade ba

Mais conteúdos sobre

Outros conteúdos que você pode gostar

NO AMARELINHO VOCÊ CONSEGUE CONTATO DIRETO COM O EMPREGADOR.

Últimas Notícias